PedroHurpia             ///// Projetos               //// Videos              /// Bio               // Pesquisa               / Info

 

EN | PT

O fio condutor da obra de Pedro Hurpia está na relação entre a negação da ciência empírica moderna e a difusão das crenças coletivas. Em sua prática artística investiga noções de deslocamento e colapso - que podem ser ampliadas em um viés geográfico, mas principalmente em um nível de dissonância cognitiva (estresse psicológico) - quando uma pessoa ou um grupo são capazes de contrariar até mesmo o nível básico da lógica; negando evidências, criando falsas memórias, distorcendo percepções, ignorando afirmações científicas e desencadeando uma perda de contato com a realidade. Seguindo esse pensamento de colapso e deslocamento, os paradoxos de comportamento humano se alinham com as falhas geológicas.

 

Utiliza estratégias especulativas ao criar sistemas e fluxos narrativos que entram em colapso quando nos deparamos com a evidência do real, que é aferida pela ciência empírica moderna. Hurpia recria vários dispositivos existentes para “entender” fenômenos naturais e anomalias geofísicas que somente são percebidos pelo ser humano quando emergem à superfície ou quando o corpo é diretamente impactado, como deslizamentos de terra e ondas sonoras. Ele está especialmente interessado em questionar contrários binários, o que amplia a análise de seu trabalho, deixando em aberto a certeza do que é real e fictício.

 

Mapa Portátil de Dowsing

Este é um mapa de dowsing clássico usado por dowsers. Possui vários gráficos que se sobrepõem.